Após o recente lançamento de Fortnite no Nintendo Switch, a posição linha-dura da Sony em relação ao cross-play tornou-se novamente um ponto de discórdia. A companhia tem sido criticada por bloquear efetivamente os jogadores de usarem contas Fortnite ligadas ao PS4 em outras plataformas, mas uma declaração recente da empresa traz um pouco de esperança de que isso possa mudar eventualmente.

Durante uma conferência da Gamelab na Espanha, o presidente e CEO da Sony Interactive America, Shawn Layden, fez uma apresentação sobre o legado do PlayStation. Após a apresentação, o Eurogamer perguntou a Layden sobre a polêmica política de cross-play da Sony e se a empresa estaria aberta a permitir isso no futuro.

“Estamos ouvindo”, disse Layden. “Estamos olhando para muitas das possibilidades. Você pode imaginar que as circunstâncias em torno disso afetam muito mais do que apenas um jogo. Estou confiante que chegaremos a uma solução que será entendida e aceita pela nossa comunidade de jogadores ao mesmo tempo em que apoiamos o nosso negócio”.

Embora essa certamente não seja uma confirmação de que a Sony permitirá o cross-play entre o PS4 e outras plataformas, é mais promissora do que a morna resposta que a empresa deu no início deste mês, logo após o lançamento de Fortnite no Switch. A companhia optou por não comentar o porquê tem sido tão hesitante em permitir o cross-play, mas, segundo um ex-desenvolvedor da Sony, John Smedley, a razão se resume, basicamente, ao lucro financeiro:

Quando eu estava na Sony, a razão declarada internamente para isso era dinheiro. Eles não gostavam que alguém comprasse algo em um Xbox e isso fosse usado em um PlayStation. Simples assim. Um motivo idiota, mas ainda assim um motivo”, disse Smedley no Twitter.

Fortnite não é o único jogo afetado pela política da Sony. As versões de PS4 de Rocket League e de Minecraft também não permitem cross-play com outras plataformas, embora as versões do Xbox One e do Switch façam isso. A Nintendo e a Microsoft capitalizaram a controvérsia ao lançar um anúncio conjunto que divulga o recurso de cross-play no Minecraft, conforme noticiamos aqui.

E você, o que acha da política da Sony? Deixe seu comentário!

Via Gamespot