Palmer Luckey, um dos chefes da Oculus, empresa responsável pelo poderoso headset de realidade virtual chamado Oculus Rift, deu uma palavrinha sobre o PlayStation VR – outro headset de realidade virtual, mas fabricado pela Sony, sendo um concorrente em potencial do Rift – dizendo que “ele não é tão poderoso quanto o Oculus Rift”.

Mais de 100 jogos estão em produção para o PS VR de acordo com a Sony

Sabe quando uma mãe fala pro filho: “claro, meu anjo, acho você lindo”? É o mesmo princípio, mas nesse caso é uma espécie de competição pra quem consegue bajular mais uma mercadoria e falar o quão melhor ela é na frente das outras. Tipo papo de fanboy, sabe? Bem infantil mesmo.

Em uma entrevista ao IB Times, Luckey esclareceu:

É importante notar que o headset deles não é tão potente quanto o nosso – entretanto, eu acho que é um bom headset – e o PlayStation 4 não tem nem de perto a potência que um PC precisa para aguentar o Rift.

Completou também que, embora ambos sejam aparelhos de realidade virtual, possuem um mercado completamente diferente – já que quem tem um PS4 provavelmente não iria desembolsar US$ 1500 mais US$ 600 do Oculus Rift para usar o aparelho.

O PlayStation VR ainda não tem preço estipulado ou uma data de lançamento específica. Aparentemente a Sony não respondeu as “provocações” de Luckey.

Via: VG24/7