Alguns temas recorrentes quando falamos de jogos é a dificuldade dos jogos e a nostalgia – que é trazida para as discussões a fim de comparar os jogos antigos com os jogos atuais. Não raramente, estas duas questões são discutidas juntas, e muitos de nós já ouvimos que os jogos estão mais fáceis hoje em dia.

Antes, os jogos não tinham checkpoint ou save points. Muitas vezes, morrer no chefão final nos obrigava a começar da primeira fase de novo. A tela de game over podia significar algumas horas de jogo perdidas. Encontrar maneiras de ganhar vidas era vital para conseguir terminar o jogo.

Por que os jogos eram assim? Por necessidade. As mídias de antigamente não permitiam que os jogos fossem muito longos em duração. Podiam ser meses até descobrir como terminar o jogo, mas a tentativa em que o jogador finalmente conseguiu deve ter durado algumas horas apenas. Se o jogo for fácil, o jogador iria terminá-lo muito rápido.

Atari

A dificuldade absurda, ter que recomeçar o jogo quando morria, entre outros fatores, era uma maneira de fazer o jogo durar mais. E era uma das poucas maneiras, senão a única, que estava disponível na época. A quantidade de conteúdo que cabia em um cartucho era muito pequena.

O problema é que este método de fazer o jogo durar tinha suas desvantagens para o jogador. Era necessária uma paciência enorme para terminar um jogo. Na terceira vez em que você morria no chefão final, pois ainda não havia descoberto como vencê-lo, você queria tacar o cartucho na parede. Começar tudo de novo exigia muita força de vontade.

Com os avanços na tecnologia, os jogos começaram a ficar mais longos. Isso permitia uma nova abordagem: jogos com muito conteúdo para explorar, em que o tempo necessário para terminá-lo era maior que o tempo que um jogador dispunha em uma tarde. Assim, sem a necessidade de uma dificuldade alta, os jogos se tornaram mais acessíveis. Nesse contexto, o que aconteceu foi uma evolução: os desenvolvedores tinham maior liberdade para dosar o nível do jogo como queriam.

Dark Souls

Frente a essa possibilidade, será que é coincidência que o número de jogadores hoje é tão alto? (Fonte). Ou será que a variação do nível de dificuldade ajudou a atrair diferentes perfis para o videogame?

Portanto, quando uma relação é apontada entre a dificuldade de jogos antigos e dos jogos modernos, temos na verdade uma evolução. Os jogadores habilidosos, que jogam frequentemente e buscam grandes desafios, ainda existem. E não faltam opções para isso (Dark Souls é um dos exemplos mais evidentes). Mas agora temos outros grupos de jogadores, mais casuais, que buscam algo mais fácil.

Este artigo foi redigido por um de nossos colunistas esporádicos. Você também pode publicar um texto de sua autoria no Jogazera, basta clicar aqui e seguir as instruções. Boa sorte!