Albert Penello é gerente de planejamento do Xbox, o que significa que ele está fortemente envolvido nos próximos projetos da Microsoft. E também significa que ele está de olho na concorrência, principalmente no PlayStation 4 Pro, anunciado recentemente pela Sony.

Em entrevista recente concedida ao portal Eurogamer, Penello afirmou que o marketing do PlayStation 4 Pro possui muitos asteriscos e por isso tem usado as redes sociais para mostrar que o seu produto é superior ao da Sony.

O primeiro tiro da Microsoft contra a Sony foi logo após o anúncio do PS4 Pro, quando a Sony disse que o PS4 Pro não será capaz de rodar discos Blu-ray em 4K, algo que o Xbox One S já faz.

Dias depois, a Bethesda anunciou que Fallout 4 e Skyrim Remaster não terão suporte a mod no PS4, culpando a Sony. A Microsoft não perdeu tempo para dizer que o Xbox One terá suporte a mod e muito mais.

Além disso, Penello acredita que o PS4 Pro é um bom console, mas que não é suficiente para proporcionar uma verdadeira experiência a 4K. E que o Project Scorpio — próximo console da empresa — foi desenhado para atingir as especificações técnicas necessárias para reproduzir conteúdos a 4K nativos.

“Chegando em 2017, o Project Scorpio será o próximo membro da família Xbox One e será o console mais poderoso já feito com 6 teraflops, capaz de entregar verdadeiros 4K (em contraste, o PS4 Pro da Sony vai oferecer poder inferior, de 4.2 teraflops).

Há muitos asteriscos no marketing da Sony sobre o 4K, o que é muito interessante, porque quando falamos sobre Scorpio somos muito claros que os jogos poderão ser renderizados em 4K nativos.

Nós ouvimos o que os produtores precisavam para oferecer resoluções nativas a 4K, e esse foi basicamente o motivo para escolhermos um console com 6 teraflops.”

Leitura relacionada:
1. Microsoft confirma console mais poderoso: Project Scorpio chegará em 2017
2. PS4 Pro, mais poderoso e com suporte a 4K, será lançado em novembro

Fonte: Eurogamer