Confira também o Guia de sobrevivência: Dark Souls III – Questlines

Dark Souls III é, sem dúvida alguma, um dos melhores títulos da geração atual, fechando com glória uma das franquias que consagrou um novo patamar de game design de jogos desde a geração passada. Tendo em vista o sucesso acarretado por esse terceiro título, muitos jogadores novos tendem a experimentar a série para entender o que fez a fama da franquia Souls culminar tão fortemente em um único jogo. Porém, apesar desse triunfo comercial, Dark Souls está longe de ser um jogo amigável para iniciantes.

Esses games são conhecidos por oferecerem poucas informações sobre as mecânicas, quests, equipamentos e outras dicas, que certamente seriam de grande serventia a alguém que nunca desbravou algum Souls antes. Mesmo para aqueles com certa experiência em RPGs, a dificuldade de se adaptar e entender como o mundo funciona pode ser uma dor de cabeça. Portanto, nós do Jogazera começaremos uma série bem especial para dar uma mãozinha na sua jornada, reunindo algumas dicas importantes para aliviar o sofrimento de morrer 20 vezes no mesmo chefe. Aqui você encontrará conselhos gerais sobre: armas e equipamentos, builds, questlines, chefões e um pouco mais. Sem mais delongas, vamos lá!

Dark Souls 3

Início: builds e sugestões

Dark Souls III — assim como os outros Souls — faz pouca diferenciação nas peculiaridades das classes no começo da sua aventura. O ponto mais impactante nesse começo serão os itens que cada classe começa, em vez dos atributos propriamente ditos: nada impede que um cavaleiro no começo se torne um mago depois; tudo vai depender de como você quer gastar seus pontos de atributo e adequar o personagem ao seu gosto.

Mais pra frente, você terá a oportunidade de redistribuir todos seus pontos, podendo mudar completamente o modo de jogar. Então não esquente a cabeça ao ficar indagando e pesquisando qual a “melhor” classe, porque em Dark Souls isso não existe. No tópico adiante destrincharei um pouco mais esse conceito.

Qual a melhor classe para começar?

Mesmo que sua classe inicial não exerça aquele impacto fundamental no começo do jogo, os que estão começando agora podem se intimidar e ficar singelamente perdidos ao escolher a classe logo de cara, levando em conta o medo de morrer repetidamente no início e esquentar a cabeça com a famosa pergunta: “será que comecei errado?”. Então, deixando esse problema de lado e sendo o mais sucinto possível: as melhores classes no começo do jogo (e principalmente para iniciantes) são o Knight e Warrior. Explico as vantagens:

Knight: sua armadura completa, aliada à espada e ao escudo, são os ícones de Dark Souls. Essa classe oferece boa resistência a dano por conta de sua armadura robusta e relativamente leve (assim não afetando a velocidade ou rolamento de seu personagem). Por fim, o escudo oferece 100% de resistência contra dano físico. Os atributos são balanceados e sua vitalidade acentuada permite usar equipamentos mais pesados sem penalidades na agilidade de seu rolamento.

Warrior: portando um potente machado aliado ao seu atributo de Força alto, o Warrior é, no começo, a classe que possui maior dano no jogo. Oferece resistência a danos similar ao Knight e, ao utilizar a weapon art de seu machado, o dano causado consegue ser maior ainda. Esta classe é capaz de dilacerar seus inimigos com um único golpe, então considere-a uma forte candidata para a sua classe de início.

Explicando os atributos

Se tratando de um RPG em sua essência, os atributos que compõem o seu personagem são de fundamental importância ao definir o seu estilo de jogo. Aqui explicamos o que cada um significa e qual o peso de cada um deles na build do seu personagem. Nessa parte, você também encontra algumas dicas de como investir melhor suas Almas.

  • Vigor

Não importa a sua proficiência em esquivar, não importa qual é a defesa da sua armadura, se você cair de uma altura razoável ou se seus inimigos acertam um golpe crítico, é bom ter muito HP. Aumentar o Vigor aumenta o seu total de pontos de vida. Aumente conforme achar necessário, independentemente da sua build. Recomendamos parar no valor 27, que equivale a 1000 HP. Além disso, o atributo ajuda na resistência a congelamento.

  • Attunement

Basicamente aumenta a barra azul, que é responsável por viabilizar o uso de magias ou habilidades especiais das armas (Weapon Arts), além de conceder mais slots de magia. Em uma build de Sorcerer ou Pyromancer, recomendamos 35 de Attunement — o equivalente a 280 de FP (focus ou mana points) ou 40 para alcançar os 6 slots de magia. Só aumente conforme for liberando as magias e obtendo as armas que escalam em pelo menos “A” nos atributos relacionados a sua build.

  • Endurance

Correr, esquivar, atacar, bloquear — praticamente todas as ações exigirão Endurance, como indicado pela barra verde. Esse atributo define a resistência total do seu personagem e a quantidade total de energia que ele possui, portanto é um atributo essencial para qualquer build. Recomendamos 24 pontos de Endurance, que equivalem a 120 de stamina; alternativamente, você também pode investir até os 40 pontos, para alcançar 160 de stamina.

  • Vitality

Você pode preencher o seu inventário com o que quiser, mas somente o que estiver equipado influencia no seu peso. Se o equipamento e armadura que você equipar ultrapassarem 70% da sua capacidade máxima de peso, você vai se mover bem mais devagar. A Vitality é um atributo que lida com essa questão, aumentando a capacidade de carregar mais peso, o que permite o uso de equipamentos mais pesados. Sugerimos aumentar conforme a sua necessidade. Além disso, aumentar a vitalidade ajuda com a defesa física e resistência ao veneno.

  • Strength

Quer usar uma espada gigante? Então você vai precisar de muita Strength. Cada arma, peça de armadura e escudo requer um certo nível deste atributo para ser usado adequadamente. Além disso, muitas armas têm seu poderio afetado por este atributo — ou seja, quanto maior a sua força, maior o dano desferido. Para builds que envolvam Strength, recomendamos parar no 40. O atributo de força também ajuda na sua resistência ao fogo.

  • Dexterity

Você pode ser capaz de empunhar uma arma de força bruta como um machado de batalha, mas é preciso um pouco mais de sutileza para assumir uma espada curva ou um arco, e é aí que vem a Dexterity. Assim como armas grandes e pesadas exigem força alta, armas mais especializadas e rápidas, como espadas duplas ou cimitarras, exigem alta destreza. Para builds que envolvam este atributo, recomendamos, no máximo, 40 pontos. O atributo também é importante para Sorcerers, Clerics e Pyromancers; a destreza alta também ajuda a reduzir o tempo para conjurar magias e reduzir o dano por queda.

  • Intelligence

O atributo primário para feiticeiros e piromantes. Intelligence é necessária para lançar feitiços mágicos. E, ao contrário das exigências de base relativamente baixas para armas, feitiços podem exigir números elevados, como 40 ou 50. Magias também apresentam atributos bônus, e a eficácia delas é ajustada conforme o nível de Intelligence. Ademais, a inteligência aumenta a defesa mágica. Recomendamos 40 pontos quando a finalidade é de ajustar o dano de uma arma elemental e 60 quando o foco é nas magias.

  • Faith

Considerando que a Intelligence tende mais para magias ofensivas de Sorcerers e Pyromancers, a Faith geralmente está relacionada a magias de cura dos Clerics e outras poucas magias de disparar raios. A Faith permite o uso de Miracles por meio de talismãs e carrilhões, e assim como a Intelligence, os milagres geralmente incluem efeitos de escala com base em seu nível atual de Faith. Este atributo também aumenta a resistência a danos do tipo Dark. Recomendamos 40 quando a finalidade é de escalar o dano de uma arma elemental e 60 quando o foco é nas magias de dano.

  • Luck

De longe, o atributo menos importante e mais aleatório, pois determina a chance de drop dos itens. Certamente não é o melhor atributo para novatos. São poucos itens que se beneficiam deste atributo. A sorte também é usada para aumentar as chances de causar sangramento ou veneno, e como existem muitos inimigos e chefes com alta resistência, o atributo só se torna relevante para builds focadas no PvP. Além disso, a Luck aumenta a resistência a curse, que também aparece bem pouco no jogo. Recomendamos não investir neste atributo.

Dark Souls 3 Promotional (3)

Dicas Gerais

Separado por tópicos, confira algumas dicas gerais sobre como manejar sua jogatina para deixar as coisas um pouco mais fáceis:

  • Não venda nenhum item, a não ser que seja repetido. Alguns itens únicos podem fazer falta em algum momento.
  • Verifique se você está na forma Unkindled, que fornece um aumento de HP e a possibilidade de chamar ajuda. Para isso, use o item Ember e busque por sinais de invocação no chão perto de fogueiras ou chefes. Recomendo apenas invocar um jogador.
  • Chefões tem um aumento de HP em 50% para cada fantasma. Além disso, quanto mais fantasmas, maior a chance de ser invadido por outro jogador.
  • Recomendamos como gift inicial a Fire Gem, por aumentar consideravelmente o dano de sua arma no começo do game. Não só isso — a maioria dos inimigos no começo do jogo são fracos contra fogo. Mais à frente é possível remover o encantamento de fogo da arma com uma pedra apropriada para isso.
  • Sempre procure por dicas deixadas nas mensagens do jogadores. A maioria das vezes indicam passagens secretas, lugares onde se pode cair para chegar em um local específico, etc.
  • Tente explorar os mapas ao máximo com ajuda de fantasmas, mas lembre-se de fazê-lo antes de enfrentar o boss, pois uma vez derrotado, você não poderá invocar mais ninguém na área.
  • Explorar o mapa muitas vezes ajuda a encontrar atalhos. Isso facilita nas vezes em que se precisa, por exemplo, usar a fogueira e tentar chegar ao boss o mais rápido e com o maior número de Estus possível.
  • Fique de olho pelos itens que aumentam a intensidade da sua fogueira e o número de Estus que você carrega. Eles são, respectivamente, o Undead Bone Charm e os Estus Shards. Confira os vídeos nos links para saber onde conseguir todos eles.
Bons itens no começo do jogo

As armas são parte fundamental da sua jornada, e ter os equipamentos certos no começo do jogo podem fazer toda a diferença quando se está sofrendo naquele chefe ou naquela parte cheia de inimigos que “avacalham” o seu progresso.

Reunimos aqui algumas armas bem interessantes e que são relativamente fáceis de obter nas primeiras horas de sua jogatina. Cada link representa um vídeo mostrando a localidade exata de cada uma.

Multiplayer: a importância de se jogar online

Jogar online é uma experiência totalmente melhor do que offline. É possível ver, de relance, alguns jogadores no próprio mundo deles, por alguns segundos. Você consegue ler mensagens, que geralmente te ajudam a avançar no jogo. Mas é claro que sempre há aquelas dos trolls: “Corta caminho a frente”, e, na verdade, é um penhasco para você se jogar e morrer.

Interagir com poças de sangue mostrará a você como um outro jogador morreu naquele ponto, para evitar cometer o mesmo erro. A experiência pela internet também lhe permite trazer amigos ao seu mundo ou ser convidado para ajudar no mundo deles. Ser invocado em frente à entrada de um chefão é uma das diversas formas de se farmar Almas. Mas atenção: ao entrar no mundo de outra pessoa, não importa como, seu número de frascos será reduzido pela metade, e sempre arredondado para baixo. Entretanto, derrotando alguns inimigos é possível recuperar os frascos gastos.

Tudo bem, agora vamos falar de coisa boa: o PvP! Jogar online permite que você invada ou seja invadido, o que na minha opinião é bem divertido. Eu prefiro os casos de 1×1, que parecem um duelo e sobrevive o melhor desafiante.

Dark Souls III

Como jogar online

Já detalhamos a importância de se jogar online, agora explicaremos como que funciona o multiplayer, já que ele não é trivial. Não existe a possibilidade de chamar um amigo para jogar pela sua lista de amigos, funciona somente pelo jogo mesmo. Então vamos lá: como já dito anteriormente, primeiramente você precisa estar na forma Unkindled; para isso, um Ember é necessário, que pode ser encontrado com facilidade no jogo e dropado por alguns monstros.

Além disso, é necessário o uso do White Sign Soapstone (obtido em Firelink Shrine por 500 Almas). Com este item, você pode ser invocado por outro jogador, ou vice-versa, bastando procurar por sinais de invocação. Evite o vermelho, roxo e laranja escuro, pois estes são invocações para PvP. Usar o Black Separation Crystal encerrará uma sessão Co-op. Para invocar alguém para te ajudar, só é possível se o chefe daquele mapa estiver vivo, após isso somente aparecerão os sinais de PvP.

Invasões

Ser invadido é natural. Quanto mais jogadores você invoca para te ajudar, maior a chance de algum jogador te invadir. Existem também as invasões por NPCs, que acontecem em determinados pontos do jogo e, por serem eventos do jogo, não podem ser evitadas nem se você estiver jogando offline.

Para invadir alguém “de surpresa”, basta usar os itens Cracked Red Eye Orb ou Red Eye Orb. Para invadir alguém que quer ser invadido, utilize o Red Sign Soapstone e aguarde para ser invocado para o PvP.

As Covenants

Covenants na saga Souls funcionam como “filiações” ou “clãs” que seu personagem participa ao se tornar devoto a determinada figura ou personagem. Cada Covenant tem seu item específico para subir de rank e recompensar o jogador com equipamentos especiais. Você ganha esses itens ao realizar ações específicas no jogo. Em sua grande maioria, elas estão relacionadas às invasões e modo online de maneira geral. Confira qual a descrição de cada covenant no jogo:

Clique aqui para ler

Warriors of Sunlight
Efeito: Seu sinal de invocação de branco passa a ser dourado. Cada chefe que você ajuda a matar te concede uma Sunlight Medal.

Way of Blue
Efeito: É uma Covenant co-op. Ao ser invadido, o jogo automaticamente invocará jogadores das Covenants Blue Sentinels e Blades of the Darkmoon para te ajudar (eles aparecem como fantasmas azuis).

Blue Sentinels
Efeito:  É invocado automaticamente para eliminar invasores em mundos no qual o jogador host pertence ao Way of Blue. Caso o host entre na sala do chefe ou o invasor seja derrotado, o item recebido é o Proof of a Concord Kept.

Blades of the Darkmoon
Efeito: Mesmo que o Blue Sentinels, mas com outra condição para a recompensa: o Proof of a Concord Kept é concedido cada vez que eliminar alguém da Aldritch Faithful.

Rosaria’s Fingers
Efeito: Rosaria’s Fingers é um pacto que permite que você redefina sua aparência ou atributos, bastando oferecer um Pale Tongue. Você possui um máximo de 5 renascimentos por cada ciclo de New Game. É possível receber recompensas ao invadir outros players (host). Caso derrote um fantasma azul no processo, receberá um Pale Tongue bônus.

Mound-Makers
Efeito: Esta é a Covenant dos “Mad Phantoms”. Você é um fantasma que pode atacar o host, os fantasmas aliados, os fantasmas inimigos e os monstros do mapa. Ao entrar no mundo do host, uma mensagem na tela indicará o que deve ser feito para ganhar o item da Covenant. Enquanto um dos objetivos é (e sempre será) matar o host, o outro objetivo varia de eliminar de 1 a 3 fantasmas (independentemente das cores deles). Contanto que um dos objetivos seja cumprido, você ganha seu item.

Watchdogs of Farron
Efeito: Seu efeito funciona somente enquanto você estiver no mapa Farron Keep. O objetivo dessa Covenant é “proteger o terreno” contra invasores. Ou seja, qualquer player que entrar neste mapa está suscetível a ser invadido por algum Watchdog, você sendo o invasor e protetor do mapa, ao matar o host ganha o item da covenant. São fantasmas azuis com manchas vermelhas.

Aldrich Faithful
Efeito: Também são fantasmas azuis com manchas vermelhas. São convocados aleatoriamente para defender o mapa que começa a partir da sala do chefe Pontiff Sulyvahn até a fogueira de Anor Londo (você não precisa estar no mapa para ser invocado). Matar o host lhe garante o item da Covenant.


dark_souls_3___firelink_by_zedotagger-d9yaglh

Ufa! Encerramos aqui a primeira parte do nosso guia. Esperamos que seja de utilidade para você, para que tenha mais ideia do que está fazendo e assim sofrer um pouco menos. Dark Souls, de modo geral, é um jogo complexo e o verdadeiro domínio sobre a obra vem com a experiência.

Jogue cada vez mais e não perca o ritmo! Nos vemos aqui na segunda parte ao explicarmos todas as questlines do game para você não perder nenhuma delas.