A Square Enix quer expandir sua presença no mercado com novos títulos AAA, e está confiando nos desenvolvedores de Final Fantasy XV para tornar isso realidade. O diretor de FFXV, Hajime Tabata, e os principais desenvolvedores do jogo estão deixando sua antiga divisão para formar um novo estúdio dentro da Square Enix, chamado de Luminous Productions (ou LP). O objetivo da subsidiária é criar novas IPs e “entregar novos títulos AAA ao mundo“.

Com base no nome do estúdio, já podemos esperar por criações visualmente impressionantes. A engine personalizada utilizada em FFXV também recebe o nome “Luminous” e, embora o jogo tenha suas falhas, ainda assim apresenta visuais de tirar o fôlego.

Quando questionados se a LP se concentrará em produzir RPGs, um porta-voz da Square Enix afirmou que a equipe “se esforçará em entregar novas IPs com uma ampla gama de conteúdo de entretenimento, sem limitar-se a campos ou gêneros específicos”. Assim, é possível que vejamos outros tipos de jogos com gráficos tão fantásticos quanto os de FFXV, embora ainda não tenha sido revelada nenhuma informação sobre os projetos que serão desenvolvidos por esse novo estúdio.

Não está totalmente claro quem irá desenvolver os lançamentos futuros da franquia Final Fantasy. O porta-voz confirmou que “a equipe de desenvolvimento por trás de FFXV está no centro da Luminous Productions”, mas assegurou que “a franquia continuará a ser tratada como uma IP valiosa no futuro“.

A divisão que desenvolveu FFXV, BD2, ainda está em operação, confirmou o porta-voz, mas “desde que a maior parte do pessoal foi transferida para a LP”, a divisão anterior não possui mais nenhuma finalidade. A Square Enix pode formar uma nova equipe para o próximo Final Fantasy, dar o projeto para outra divisão ou transferir talentos para a antiga divisão da FFXV, enquanto a Luminous Productions se concentra em produzir novos títulos.

O site do novo estúdio, que apresenta várias ofertas de emprego, diz que a LP quer criar jogos “10 anos à frente de seu tempo“. Provavelmente saberemos mais sobre esses títulos em breve, já que a Luminous prometeu divulgar mais informações sobre sua atuação ao longo do ano.

___

Via Engadget