A Sony finalmente resolveu atender aos pedidos do público e remover as barreiras para o cross-play entre o PS4 e os demais consoles, começando hoje, com um beta multiplataforma para Fortnite. Depois de uma pressão significativa dos fãs e da indústria de jogos em geral, os proprietários de PS4 poderão jogar com usuários do Nintendo Switch e do Xbox One.

É um momento histórico não apenas para o PlayStation, mas para o mercado de games de maneira geral, já que todos os proprietários de consoles poderão jogar juntos pela primeira vez. Os jogadores de PC, iPhone, iPad e Android também estão incluídos.

O chefe da Sony Interactive Entertainment, John Kodera, anunciou a notícia em um post no blog hoje. Aqui está sua declaração na íntegra:

“Após um processo abrangente de avaliação, a Sony identificou um caminho para o suporte a recursos de cross-play para conteúdo de terceiros. Reconhecemos que os jogadores do PS4 estão aguardando ansiosamente uma atualização e agradecemos a paciência da comunidade enquanto navegamos por essa questão em busca de uma solução.

O primeiro passo será uma versão beta aberta lançada hoje para Fortnite, que permitirá a jogabilidade, a progressão e o comércio entre plataformas nos sistemas operacionais PlayStation 4, Android, iOS, Nintendo Switch, Xbox One, Microsoft Windows e Mac. Vemos o beta como uma oportunidade para realizar testes minuciosos que garantam que o jogo entre plataformas é o melhor no PlayStation, ao mesmo tempo em que estamos atentos à experiência do usuário, tanto do ponto de vista técnico quanto social.

Por 24 anos, nós nos esforçamos para entregar a melhor experiência de jogo aos nossos fãs, oferecendo uma perspectiva exclusiva do PlayStation. Hoje, as comunidades em torno de alguns jogos evoluíram ao ponto em que as experiências multiplataforma agregam valor significativo aos jogadores. Em reconhecimento a isso, concluímos uma análise completa da mecânica de negócios necessária para garantir que a experiência do PlayStation para nossos usuários permaneça intacta hoje e no futuro, quando procurarmos abrir a plataforma.

Isso representa uma grande mudança de política para a Sony, e agora estamos no processo de planejamento de toda a organização para dar suporte a essa mudança. Atualizaremos a comunidade assim que tivermos mais informações para compartilhar, incluindo mais detalhes sobre o período beta e o que isso significa para outros títulos daqui para frente”.

A notícia chega às vésperas do lançamento da 6ª temporada de Fortnite, ocasião em que muitos usuários estão gastando dinheiro com a aquisição do Season Pass. Em outras palavras, o anúncio veio num momento bastante oportuno, pois representa muito mais dinheiro para a Sony caso os jogadores optem por comprar seu Season Pass no PlayStation, ao invés dos consoles da Nintendo ou da Microsoft.

No passado, tanto a Microsoft quanto a Nintendo já haviam comentado sobre a postura exigente da Sony em relação ao cross-play em jogos multiplataforma. Algumas desenvolvedoras, como a Bethesda e a EA, vêm dizendo há algum tempo que também queriam jogos com cross-play multiplataforma – com comentários encorajadores da EA no passado a respeito de FIFA, especificamente. Além disso, tem havido uma enorme e crescente pressão dos fãs do PlayStation, ao verem Microsoft e Nintendo apoiarem o cross-play em jogos como Fortnite, Minecraft e Rocket League.

Tecnicamente, não é a primeira vez que os jogadores de PlayStation 4 e Xbox One podem jogar Fortnite juntos. Os jogadores notaram que as contas da PSN e da Xbox Live estavam sendo combinadas sem problemas – até a Epic desativar o recurso, culpando um “problema de configuração”.

No entanto, o lado técnico das coisas nunca foi o ponto de atrito – em vez disso, parecia ser o lado comercial da Sony que estava impedindo o cross-play. Em junho, um ex-desenvolvedor da Sony disse que a postura da empresa estava diretamente relacionada ao lucro financeiro. Mas foi também em junho que, com a pressão, o chefe da divisão PlayStation, Shawn Layden, deu a seguinte declaração durante uma conferência no Gamelab:

“Estamos ouvindo”, disse Layden. “Estamos olhando para muitas das possibilidades. Você pode imaginar que as circunstâncias em torno disso afetam muito mais do que apenas um jogo [Fortnite]. Estou confiante que chegaremos a uma solução que seja entendida e aceita por nossa comunidade de jogos e, ao mesmo tempo, apoie nossos negócios”.

Esse dia finalmente chegou.

Via Eurogamer