O PS4 está chegando ao final de seu ciclo de vida, de acordo com o diretor da PlayStation, John Kodera.

John Kodera, CEO da Sony Interactive Entertainment, disse aos presentes no Dia de Relações com Investidores, realizado em Tóquio, que esta é a fase em que as vendas de consoles PS4 começarão a se estagnar.

No entanto, a crescente receita recorrente da PlayStation Plus deve compensar esse declínio nas vendas. Takashi Mochizuki, do Wall Street Journal, estava presente, e reproduziu algumas citações do diretor Kodera via Twitter.

Segundo os relatos reproduzidos, entrar nesse “ciclo final de vida” não significa que a Sony encerrará o suporte para o console tão cedo, apenas que a maioria das unidades planejadas já foi vendida e que o foco mudará da venda de hardware para manter os jogadores envolvidos.

Também foi relatado que a Sony continuará a investir em jogos exclusivos e first-party, não apenas lançando novas IPs, mas também atualizando e expandindo ainda mais os títulos bem-sucedidos que já foram lançados para o PS4 até o momento.

O CEO da Sony também abordou o número de vendas do PlayStation VR, dizendo que o PS VR está crescendo, apesar de uma baixa taxa de crescimento geral para a indústria de realidade virtual como um todo.

Curiosamente, Kodera disse que a partir de agora até março de 2021 (plano de médio prazo da empresa), a Sony vai “se abaixar momentaneamente para crescer ainda mais no futuro”. Não está exatamente claro o que Kodera quis dizer com isso, mas poderia ser uma referência ao período de aceleração que normalmente precede o design e o lançamento de uma nova plataforma. Estaria a Sony entrando num período menos ativo para voltar com tudo lançando um possível PlayStation 5? Só o tempo dirá.

O PS4 foi lançado em novembro de 2013 no Ocidente, e já existem rumores de kits de desenvolvimento do PS5 sendo enviados aos desenvolvedores em antecipação a um possível lançamento em 2020.

Quais são suas apostas para o futuro da Sony? Deixe seu comentário!

Via VG24/7