Como já é de se esperar, os jogos de Pokémon vêm com uma breve história que pode ser vista de diversas maneiras.  Essas histórias já renderam todos os tipos de teorias da conspiração e Creepypastas, pequenas (ou nem tão pequenas), histórias sombrias que estão intimamente entrelaçadas com a experiência de jogos e entretenimento.

Deixando essa breve introdução de lado, podemos categorizar os jogadores de Pokémon em dois grupos (a grosso modo):

Alguns apenas observam a historia, como meros espectadores, e se focam mais em treinar seus pokemon e saciar sua sede por batalhas. Enquanto outras pessoas levam a história muito além de batalhas entre pokémons e treinadores. Esta publicação é para este publico, que quando passa a Elite Four, se sentem realmente Campeões Pokémon.

Venho mostrar a você, caríssimo e curioso leitor, que Pokémon pode estar muito bem associado com suas aulas de Geografia do ensino médio. Pode parecer um tanto bobagem, mas tente acompanhar um pouco da lógica abaixo.

[separator type=”thick”]
Alerta de Spoiler

[separator type=”thin”]

Primeiramente, devemos introduzir do que se trata realmente, toda esta aula de Geografia presente em Pokémon. Vamos aos nossos “Demógrafos” do mundo da Nintendo. Toda a trama do jogo se passa em torno da “Equipe Rocket” da vez, conhecidos como Team Flare.

Mas o que tem a Team Flare a ver com Geografia?

Mas o que tem a Team Flare a ver com Geografia?

Essa equipe consiste em um grupo de pessoas de extrema classe (ok, nem tanto assim), com suas roupas, cabelos e óculos laranjas.

Diferente da Equipe Rocket, eles não estão apenas atrás de Pokémons alheios. A Team Flare tem um objetivo muito mais alto: O Controle Populacional.

“Mas o que?”, você deve estar pensando neste momento, certo?

Mas acredite, o plano final da Team Flare reflete exatamente em uma teoria já elaborada, muitos anos atrás, por um estudioso de demografia e geografia.

Neste momento, se você não jogou o jogo por completo ainda, estou lhe dando mais uma chance de escapar dos Spoilers, daqui pra frente, não tem mais piedade!

[separator type=”thin”]

[infobox bg=”purple” color=”black” opacity=”off” subtitle=””]Uma pequena aula de Geografia agora.[/infobox]

Malthus

Malthus também era treinador Pokemón em 1770.

Este jovial e charmoso homem que vemos na foto ao lado é Thomas Malthus. Um grande estudioso de seu tempo que elaborou uma teoria importante para o crescimento demográfico da população humana.

Malthus era um homem muito esperto, e percebeu durante seus estudos que a população humana estava crescendo a níveis exorbitantes. E que se a situação continuasse assim, não ia dar mais pra viver neste planeta.

A população humana esta crescendo em uma velocidade muito rápida, mas tão rápida, que os recursos naturais não conseguem acompanhar este crescimento. Para que esta situação mudasse, algumas mudanças deveriam ser feitas na rotina das pessoas.

Algumas dessas mudanças, por exemplo, casar mais tarde. E também não realizar o coito antes do casamento, e todas essas coisas que não fazem filhos nascer. O interessante é que esta teoria evoluiu com o advento dos métodos contraceptivos e estratégias de redução de população (leia: Guerra / Doenças) .

Esta aula foi um oferecimento do cursinho pré-vestibular Jogazera.

[separator type=”thin”]

Lysandre

Faça o que fizer, nunca busque “Lysandre Pokémon” no Google Imagens. (+18)

De volta para o que importa (Pokémon) temos a ilustríssima presença de Lysandre, líder da Team Flare. Esta celebridade do mundo Pokémon é responsável por diversos acontecimentos no jogo.

Criador do Holo-Caster, aparelho de comunicação utilizado na história do jogo, Lysandre foi por muito tempo, conhecido como um grande aliado dos treinadores Pokémon. Mas tudo isso escondia uma faceta sombria e, de certo modo, preocupada com um mundo melhor.

Lysandre estava preocupado com o crescimento desenfreado da população no mundo. Com ela, os índices de criminalidade, mortes e outras diversas fatalidades do nosso cotidiano estavam em crescimento proporcional.

Tomado por sua vontade de limpar o mundo e preservar apenas uma utópica “beleza”, Lysandre, junto com sua equipe Team Flare, rouba energia das usinas elétricas, rouba energia de pokémons capturados e principalmente, rouba energia do pokémon lendáro da vez (Depende se você comprou a X ou a Y).

Toda essa energia é direcionada para uma arma, utilizada em tempos antigos, e que, pasme, eliminará uma grande parcela da humanidade e todos os Pokémons que habitam o mundo.

[separator type=”thin”]

“Mas como assim? Não seria este um método muito radical?”. Sim, claro, e é por isso que é seu dever durante a aventura, impedir que estes planos se concretizem. Mas vale notar um pequeno adendo.

As guerras e doenças são pequenas fontes de controle populacional no nosso mundo. Então se associarmos as eventualidades de Pokémon com a teoria de Thomas Malthus, temos um ambiente que associa o tangível com o virtual. A história do jogo apresenta uma guerra entre pokémons que ocorreu em tempos antigos, e mais, se formos verificar, Lt. Surge (Líder de Ginásio Elétrico do Pokémon Red, Blue e Yellow) informa que pokémons eletricos salvaram sua vida durante a guerra.

"Vou te falar, garoto. Pokémons eletricos me salvaram durante a guerra. Eles paralizavam meus inimigos com seu choque, e farão o mesmo com você!"

“Vou te falar, garoto. Pokémons eletricos me salvaram durante a guerra. Eles paralizavam meus inimigos com seu choque, e farão o mesmo com você!”

No fim então podemos notar que, muito mais profundo que uma simples história, Pokémon acaba que, de forma sutil, insere os conceitos de uma teoria já bastante estudada no nosso cotidiano.

Com a presença de controle populacional, estratégias para a redução e até mesmo possibilidade de levantamento de hipóteses das situações atuais no continente de Kalos.

Estaria este continente tomado por criminalidade? Ou seria um ambiente tão pacífico que, justamente pela ausência de guerra, a quantidade de pessoas se tornou algo exorbitante?

Seja como for, mesmo que num tom de brincadeira, espero que outras pessoas consigam também tirar conceitos reais de seus jogos. E acho que acabei esquecendo de avisar, mas o texto contém Spoilers!

Confira esta, e outras teorias da conspiração, aulas de geografia, e principalmente, conteúdo interessante aqui na Jogazera!