Muito tem se falado em loot boxes e microtransações nos jogos atualmente. Desde os escândalos em Star Wars Battlefront II, muitos desenvolvedores estão bem cautelosos sobre essas práticas e mais espertos sobre a implementação de mercados in-game. Visto como nocivo para a comunidade, algumas empresas já estão dando cabo desse tipo de sistema.

É o caso da Monolith e Warner com o seu mais recente game ambientado na Terra Média. Shadow of War, lançado ano passado, foi severamente criticado por suas práticas de microtransações duvidosas – principalmente pelas loot boxes denominadas “War Chests”. O jogo expande o aclamado Nemesis System de Shadow of Mordor de diversas formas, porém trata os Orcs como se fossem colecionáveis com raridade, obtidos nas War Chests compradas com dinheiro real.

A empresa tomou a decisão com base na falta de imersão que esse tipo de sistema causa – ao invés de conquistar e dominar os Orcs, os jogadores podiam simplesmente comprar rios de caixas com dinheiro real e escolher o melhor. Com base nisso, quem quiser poderá comprar Gold (o dinheiro “premium”) até o dia 8 de maio e usá-lo no mercado até seu fechamento permanente em 17 de julho.

O outro tipo de economia, Mirian, continuará no game e não sofrerá grandes alterações (com a exceção de não poder mais comprar War Chests). O estúdio também prometeu mais updates gratuitos e atualizações constantes para Shadow of War. Você pode conferir todas essas informações e mais detalhes no post oficial no fórum do jogo.

Via: VG24/7