A Nintendo não está pra brincadeira. E, olha só, quando eu digo que não está pra brincadeira, não falo apenas do Nintendo Switch ou do Nintendo 3DS.

De amiibos e brindes do McLanche, até cereais e joguinhos para celular, este último vem preenchendo uma lacuna que, por muito tempo, esteve vazia. A portabilidade e a Nintendo sempre andaram lado a lado e, convenhamos, demorou muito para a japonesa invadir o mundo de jogos mobile.

Após Pokémon, Super Mario e Fire Emblem, chegou a vez de Animal Crossing alegrar nossas horas de tédio fora de casa – e, se você pegar o jeito, em casa também. Pocket Camp é a versão simplificada do título que é consagrado nos consoles e estranhamente chegou tarde aos celulares. Afinal, se você experimentar perceberá que Animal Crossing foi feito para estar ali.

Se você acabou de chegar na franquia e Pocket Camp tem sido um desafio, a hora de se enturmar com Isabelle e seus amigos é essa.

Adicione seus amigos

Animal Crossing é um jogo que fala basicamente sobre a amizade – e sobre o quanto ela pode ser valorosa. Em Pocket Camp será muito importante que você adiciona seus amigos que estão no game. O melhor caminha é vincular suas redes sociais, assim como em vários outros jogos mobile, desta forma você encontra com mais facilidade quem está acampando também.

Ter os amigos serve para você pedir ajuda no mini-game de mineração, facilitando as chances de ganhar mais Bells (as moedinhas do jogo). Sem contar que você pode acessar a “vendinha” pessoal de cada um, as vezes ter muitos amigos e desfrutar de seus produtos vai te poupar um tempão que você gastaria pescando aquele peixe que demora pra aparecer.

Não tenha medo de vender seus itens

Eu sei que pescar, caçar insetos e colher frutas pode se tornar cansativo depois de um tempo, mas tenha em mente que ajudar seus amigos e ganhar uns trocadinhos por isso pode ser bem útil. Após um tempo caçando coisas, sua bolsa vai ficar cheia e você será obrigado a se desfazer do que coletou.

É bom ficar de olho nas coisas que seus hóspedes animais se interessam mais. O que não for tão usado, ou mais fácil de se conseguir num espaço de tempo, coloque a venda. As vezes um amigo pode precisar disso e depois de um tempo tudo volta. Fique de olho!

Preste atenção no mapa

“Fique de olho”. Essa é talvez a dica mais valorosa para não se sentir perdido em Pocket Camp. O mapa do jogo mostra quanto tempo você tem para cumprir as requests dos seus hóspedes. Depois de um tempo, subindo de nível e fazendo novas amizades com os animais, você terá que ficar ligado em quem está em que parte do mapa. Desta forma você convida para o seu acampamento aqueles que não estão em alguma área de atividade.

Sabendo quem convidar você terá a chance de fazer mais requests, ganhar mais experiência e quando perceber já estará perto do cronômetro do mapa zerar e começar o ciclo novamente.

Economize seus Leaf Tickets (mas nem tanto assim)

Se você não começou agora nesse mundo de jogos mobile, já deve estar ligado que os Leaf Tickets são a moeda do jogo que pode ser aumentada com a moeda da vida real. É o famoso pay-to-play. Mas, relaxa, aqui você dificilmente precisará usar seu precioso dinheiro – se for esperto.

Economizar os Leaf Tickets é uma tarefa importante – mas não deve ser feita tão rigorosamente. Conforme você cumpre as missões diárias que recebe da Isabelle, a chance de receber mais Leafs é grande. As vezes você gastar 8 Leafs para agilizar a construção de um móvel pode compensar se você vai receber 10 novos para repor. Essa dica é essencial se você for um jogador ansioso.

Não se apegue aos móveis

No acampamento, assim como na vida, a fila anda, meu querido. Se apegar demais aos móveis que você constrói pode ser interessante para manter uma identidade no seu camp, mas a rotatividade acaba sendo interessante. Para poder evoluir sua relação com seus convidados você terá, mais cedo ou mais tarde, que construir novos móveis. Não é necessário que eles fiquem no seu acampamento, mas mudar a decoração e tentar fazer novas combinações dá sempre um novo fôlego para sua jogatina.

E lembre-se: Você está num acampamento e não na sua mansão a base Klapaucius no The Sims. Inove, divirta-se e brinque com o espaço que uma casa na floresta te dá.

Ajude seus amigos

Assim como eu falei anteriormente, ter amigos é essencial em Pocket Camp. Visitar os seus acampamentos e fazer compras no market de cada um é importante para manter a harmonia. Além de você respirar novos ares e conhecer decorações inusitadas que podem inspirar você no seu camp.

Não deixe de fazer as visitas e deixar os seus “kudos”. Bater palma pro acampamento dos amigos pode render recompensas, além de deixar uma notificação para o amigo saber que ele foi visitado. Uma mão lava a outra, quando você precisar de uma mãozinha para minerar, aquele amigo vai lembrar de você e do menu de Frieds, onde fica a notificação do seu pedido de ajuda!

Não tenha medo de ficar sem Bells

Tá na dúvida se gasta suas moedinhas aumentando a sua van? Não tenha medo! As bells vão e vem numa velocidade impressionante. Conforme você cumpre as requests o dinheiro vai voltando e não dará nem tempo de você sofrer por sua ausência.

Tudo funciona muito rápido no jogo, tanto as Bells quanto os Leaf Tickets estão lá para serem gastos. Liberte o capitalista dentro de você, compre seus móveis, faça a festa e divirta-se.

Dia de férias é todo dia

Animal Crossing Pocket Camp foi a surpresa do ano. Jogos mobile são difíceis de prender por muito tempo – e mais difícil ainda de conseguir um fluxo de pessoas conhecidas entrando no jogo com você. Aqui, isso acontece!

Troque de roupa, de aparência, mude seus móveis e faça tudo no estilo que você preferir. Do fofinho ao esportivo, Pocket Camp agrada a todos os gostos e te abraça com uma trilha sonora muito calorosa.

Passar as férias acampando com animais pode ser mais divertido do que parece e ter um jogo para passar aquele tempo livre numa sala de espera é reconfortante. Mas se você acabar como eu, jogará ele até quando estiver ocupado – e, provavelmente, todos os dias.