Quando você achava que não dava pra piorar: mas é claro que dá! É óbvio que a Konami sempre se esforça para fazer mais merda! E dessa vez a coisa foi bem pessoal. Metal Gear Solid V: The Phantom Pain ganhou – merecidamente – o prêmio de melhor jogo de ação-aventura do ano, e a empresa responsável simplesmente proibiu o próprio criador do game ir receber o prêmio pelo seu jogo.

Geoff Keighley, o apresentador do The Game Awards 2015 se encarregou de explicar o ocorrido. Confira:

Como vocês devem ter percebido, Hideo Kojima não está aqui conosco hoje e eu quero falar um pouco sobre isso. O sr. Kojima tinha intenção de estar aqui hoje, mas infelizmente ele foi advertido por um advogado representante da Konami que ele não seria permitido de aceitar nenhum prêmio na cerimônia de premiação do Game Awards. Ele ainda está como um funcionário contratado.

É decepcionante e inconcebível para mim que um artista como Hideo não ser permitido de estar aqui para celebrar com seus amigos e companheiros de equipe.

Patético, no mínimo. Estamos com você, Kojima.

Parabéns. Nós sentimos sua falta, meu amigo!

Via: Kotaku