Após a finalização de Metal Gear Solid V: The Phantom Pain, a saída de Hideo Kojima da empresa no qual trabalhou lado a lado por quase 30 anos é praticamente iminente. Seu contrato com a Konami se encerra em dezembro.

Entretanto, a saída do mestre e criador por trás de Metal Gear não vai ser o suficiente para a franquia ficar estagnada – até porque a série Metal Gear é praticamente o ganha-pão da empresa. Hoje, um esclarecimento oficial no site japonês da Konami deixou claro que não só vai continuar lançando novos Metal Gear após o Phantom Pain como já está se programando na produção de um novo.

De fato, a Konami já abriu vagas para integrantes a um novo time na equipe, requisitando desenvolvedores com experiência em jogos high-end, imaginação rica e habilidade de gerir novas ideias.

Fato que me deixa com o pé atrás a partir de agora. Porque uma coisa é certa: Kojima era a alma de Metal Gear. Sem ele, o futuro de uma incrível franquia pode estar destinada ao fracasso. Para quem entende inglês, recomendo esse vídeo do youtuber YongYea, onde ele discute a saída do Kojima e o futuro da série:

Via: DualShockers | Fonte: NeoGAF