No último Playstation Blogcast, Steven Ter Heide da Guerrilla Games, explicou várias mudanças e metas para o novo Killzone: Shadow Fall.

Steven, ao longo do programa, passa informações sobre mudanças na progressão do modo online, nas armas e até mesmo na expectativa de quadros por segundo (framerate), mas chama atenção ao falar da inteligência artificial, e o que ela trará em Killzone, para os jogadores.

Sempre tivemos bots em nossos jogos anteriores, mas realmente queríamos ter essa experiência transferida às partidas customizadas. Você pode ter esses bots em partidas online, e eles substituirão amigos ou você pode jogar partidas offlines contra bots.

E Steven ainda acrescentou:

E eles saberão como jogar com as habilidades, eles saberão jogar nos diversos modos de missão, eles podem lidar com qualquer customização você jogar pra eles, e o melhor de tudo, imitar o comportamento de jogadores humanos. Se você definir sua dificuldade no nível Difícil, é um ótimo desafio.

Killzone se caracteriza por partidas online com até 32 jogadores. E já não é nenhuma novidade, que se esses 32 jogadores não forem encontrados, serão preenchidos pela inteligência artificial.

Além de gráficos espetaculares, Killzone promete uma inteligência artificial fantástica.

Além de gráficos espetaculares, Killzone: Shadow Fall promete uma inteligência artificial fantástica.

Mas aos jogadores que se incomodam com o desempenho dos bots, depois das declarações de Ter Heide, podem ficar mais satisfeitos com as notícias e esperar grandes melhorias no comportamento da máquina.

Inovações na área de inteligência artificial, se feitas de modo efetivo, podem aumentar ainda mais o sucesso, não só da série Killzone, mas também da Guerrilla Games.