A BioWare está inovando no desenvolvimento de seu mais novo jogo, Dragon Age: Inquisition, em uma tentativa de reconquistar os fãs que gostaram do primeiro jogo da série, Dragon Age: Origins, mas se desapontaram com Dragon Age II.

Com muita ambição, Dragon Age: Inquisition vem com novidades extraordinárias. Traz aos jogadores, um mundo de tamanho comparável a Skyrim, com cenários interativos e gráficos de última geração.

Dragon Age Inquisition

Mike Laidlaw, funcionario de longa data da BioWare e diretor criativo em DA: Inquisition, afirma:

A longo prazo, queremos retornar o estudio ao ponto de criação de Baldur’s Gate, onde havia um sentimento de abertura, de liberdade. Nos saímos muito bem com a história, mas eu acho que devemos continuar nos desafiando… A longa data, você estabelece algumas metas ambiciosas e as adota, por exemplo, ‘Veja, aqui estao esses elementos de aventura que não estivemos prestando tanta atenção quanto deveríamos’.

Dragon Age: Inquisition terá combate tático, com uma perspectiva de cima-para-baixo. Contará tambem com a presença de um personagem Qunari jogável, controle de grandes exercitos e fortalezas.

Confira o trailer oficial da E3 deste ano:

Mark Darrah, produtor executivo do jogo, explica que os pontos principais do jogo são: Mundo gigante, novo combate, membros de equipe customizaveis e muito mais.

Darrah afirma, sobre um dos primeiros cenários do jogo, Crestwood:

Estamos trazendo a vastidão de volta, é bem maior, muito mais exploração. É muitas vezes maior do que qualquer outra coisa que construimos anteriormente. Na verdade, é maior do que todo Dragon Age II por completo.

Dragon Age: Inquisition

Dragon Age contará com uma história onde, uma espécie de tecido da realidade, que mantém os Darkspawn afastados, é destruido. O que causa uma invasão massiva de demônios no mundo. Assumindo o papel de um recentemente promovido Inquisidor, é seu dever construir um exercito, enfrentar os Darkspawn e descobrir quem está por trás de quebrar o tecido, para assim reconstrui-lo.

Apesar de parecer superficial, se olharmos pelo resumo, é de se esperar que, por ser um jogo da série Dragon Age, a história se aprofunde muito mais. Colocando o jogador em momentos de decisões complicadas, dilemas que um lider deve enfrentar pelo bem do seu exército e para o sucesso de sua missão.

A BioWare decidiu implantar no sistema de decisões, guias, que tem como objetivo mostrar ao jogador qual a verdadeira finalidade da opção. Evitando assim que o jogador faça escolhas a qual ele não tinha objetivo de fazer, como por exemplo, matar um npc o qual só se desejava fazer uma ameaça.

Laidlaw diz: “Não queremos que os jogadores façam escolhas que não entendem.”

Dragon Age: Inquisition

Inquisition estará disponível para PCXbox OneXbox 360PS4 e Ps3. Porém, as versões da geração anterior terão um visual muito menos fantástico quanto as versões de PS4 e Xbox One. Originalmente programado para ser lançado no fim deste ano, seu lançamento foi adiado para o fim de 2014.

Com toda ambição, somados ao tempo disponível para a BioWare, não será dificil que Inquisition quebre todas críticas negativas de seu antecessor e ressuscite a série.