Em meio à um mercado bem ativo de MMO no país, a Perfect World, publisher de Star Trek Online e do jogo de mesmo nome da publicadora, quer iniciar os testes do novo MMO de Dungeon & Dragons ainda nesse ano de 2013, em Dezembro. O processo de tradução, que não inclui dublagens em português, já começou, e os anúncios de convocações para os testes devem surgir em breve.

Com uma gama tão grande de jogos do gênero, e em sua maioria grátis para jogar, Neverwinter quer se destacar pelo gráfico bem trabalhado, movimentos suaves, e uma mecânica um pouco diferenciada, mas nada que fuja muito dos outros títulos de MMORPG. O grande trunfo é um sistema chamado “The Foundry”, onde cada jogar pode criar a sua quest e disponibilizar para os outros jogadores, onde você pode criar desde os NPCs até os castelos e masmorras, sem precisar utilizar um cenário pré-existente no mundo de Neverwinter.

Andy Velasquez, produtor-chefe do game, disse ao G1, que os tradutores foram escolhidos não só com base no conhecimento no português do Brasil, mas também no conhecimento no mundo de Dungeons & Dragons, para que as traduções fizessem referência ao sentido que tem dentro do universo do clássico RPG de mesa.

Dungeon & Dragons: Neverwinter

Ainda segundo ele, os servidores estarão nos EUA e os brasileiros acessarão os mesmos realms que os estadunidenses, mas quando perguntado sobre a latência de servidores fora do nosso país ele diz que a empresa pode trazer os servidores para o Brasil caso a experiência seja ruim, mas demonstra tranquilidade em relação à isso. “Nossos servidores são eficientes e, na Europa, não tivemos problemas com isso. Os servidores europeus estão nos EUA e não houve reclamações de lentidão ou de travamento”, diz Andy.

Pra quem já quer provar um pouco do que vem por aí, o jogo já está disponível para jogar, em inglês.