Se tudo der certo e a pandemia de coronavírus não atrapalhar os planos, a próxima geração chegará muito em breve. Tanto a Microsoft quanto a  Sony (digo, mais ou menos, né, Sony?) estão prontas para entregar seus novos consoles de ponta e com uma enxurrada de novidades para os jogadores.

Uma das principais notícias da última semana foi a revelação completa das especificações técnicas do novo console da Microsoft, o Xbox Series X. Apresentado na E3 do ano passado, a empresa foi divulgando novos detalhes do console, e enfim, temos a lista completa das especificações técnicas.

A Sony, em contra mão, ainda não mostrou seu console publicamente. Hoje, o arquiteto líder da empresa, Mark Cerny, apresentou ao mundo um arraiá de configurações, recursos e todo o poderio das especificações técnicas do PS5. Muitos esperavam – com muita ansiedade – ao ver o console, e o que ganharam foi uma apresentação puramente técnica de 50 minutos, voltada para engenheiros e desenvolvedores.

Ainda não sabemos sobre os planos de marketing da Sony e quando a apresentação oficial do console em si irá acontecer, mas especulas-se em alguma State of Play ou evento de revelação oficial. Por fim, vamos ao papo técnico:

Xbox Series X

  • CPU: 8x Cores @ 3.8 GHz (3.66 GHz w/ SMT) Custom Zen 2 CPU
  • GPU: 12 TFLOPS, 52 CUs @ 1.825 GHz Custom RDNA 2 GPU
  • Memória: 16 GB GDDR6
  • Largura de Banda da Memória: 10GB @ 560 GB/s, 6GB @ 336 GB/s
  • Armazenamento Interno: 1 TB Custom NVME SSD
  • Taxa de Transferência: 2.4 GB/s (raw), 4.8 GB/s (comprimido, com hardware customizado de bloco de descompressão)
  • Armazenamento Expansível: Cartão expansível de 1 TB
  • Armazenamento Externo: Suporte a USB 3.2 External HDD
  • Drive Óptico: 4K UHD Blu-Ray Drive

PlayStation 5

  • CPU: 8x Zen 2 Cores at 3.5GHz (frequência variável)
  • GPU: 10.28 TFLOPs, 36 CUs at 2.23GHz Custom RDNA 2 (frequência variável)
  • Memória: 16GB GDDR6
  • Largura de Banda da Memória: 448GB/s
  • Armazenamento Interno: Custom 825GB SSD
  • I/O Taxa de Transferência: 5.5GB/s (raw), Typical 8-9GB/s (comprimido)
  • Armazenamento Expansível: NVMe SSD Slot
  • Armazenamento Externo: Suporte a USB HDD
  • Drive Óptico: 4K UHD Blu-ray Drive

Vale notar que ambos os consoles são extremamente parecidos, com apenas diferenças notáveis em suas respectivas taxas de TFLOPS na unidade de processamento de vídeo. Não sabemos o que isso pode realmente significar na prática além de uma ‘vantagem’ bruta para o console da Microsoft, mas as duas empresas sabem no que investir.

Na apresentação de Cerny sobre o PS5 realizada hoje, o arquiteto enfatizou de maneira recorrente a tecnologia envolvida no SSD do console, alegando ser muito mais potente do que os SSDs NVME M.2 disponíveis hoje no mercado. Completou dizendo que isso mudará completamente o jeito que os jogos são pensados, já que tudo poderá ser carregado de maneira instantânea.

Mais informações sobre os futuros consoles devem ser divulgadas nos próximos meses (esperamos, Dona Sonya).

Via Kotaku 1 / 2