Desde o fiasco de Battlefront 2 e suas práticas abomináveis de microtransações e mercado in-game, autoridades do governo belga começaram a investigar a questão das loot boxes e sua íntima relação com jogos de azar.

A Comissão Belga de Jogos apresentou seus primeiros relatórios após analisar esse tipo de prática em jogos como Overwatch, FIFA 2018 e CS:GO. Dentre todos os analisados, o único que se adequou à lei foi Battlefront 2 – obviamente depois da EA ter removido as microtransações do game. O restante, entretanto, foram consideradas práticas ilegais.

O ministro Koen Geens – um dos que está apurando o caso – determinou que as publishers devem remover as loot boxes dos jogos citados. Caso contrário, os responsáveis podem arcar com multas de 800 mil euros e até mesmo cinco anos de cadeia. O caso fica ainda pior se menores de idade estiverem envolvidos.

O relatório não informou qual o prazo que as empresas têm para remover o recurso de seus jogos. Geens afirmou que abrirá para discussão com as publishers a respeito desse relatório.

Via: VG24/7