Atualização #1:

Aparentemente o buraco é bem mais em baixo do que se imaginava. Conforme reportado pelo youtuber YongYea em seu recente vídeo de compilado sobre o fechamento da Telltale, alguns novos detalhes surgiram sobre o ocorrido.

Ao contrário do que foi dito anteriormente, 250 funcionários foram demitidos ontem, e não 225 como se acreditava. O staff “esqueleto” restante da empresa ainda ficou para cumprir com o acordo firmado com a Netflix sobre Minecraft Story Mode, e não para The Walking Dead. Foi dito que a temporada final do game será abruptamente terminada no segundo episódio, com lançamento agendado para próxima semana.

Ainda é um mistério se quem comprou a temporada completa (com os quatro episódios prometidos) terá algum tipo de reembolso, principalmente agora com o estúdio declarando falência. Como se não bastasse, as demissões foram feitas sem indenização compensatória – os funcionários saíram de mãos abanando. Muitos declararam no Twitter que vários devs possuem filhos e família para sustentar e não sabem o que vão fazer agora.

Uma hashtag no Twitter com os dizerem #TelltaleJobs está crescendo em função de alertar outros estúdios de jogos para contratar os recém funcionários demitidos da empresa. Confira o vídeo (em inglês) abaixo para mais detalhes:

História Original

Notória por seus jogos focados em narrativa e tomada de decisão, Telltale Games se estabeleceu como um dos padrões referência em storytelling após hits como The Walking Dead e Wolf Among Us. Infelizmente, o estúdio anunciou recentemente que estará encerrando suas atividades.

Os rumores começaram cedo após alguns funcionários da empresa anunciarem que estavam procurando um novo emprego. Conforme especulado pelo portal The Verge, o estúdio demitiu em massa seus funcionários, ficando com um staff de aproximadamente 25 pessoas em função de terminar a temporada final de The Walking Dead.

Não é de hoje que más notícias sobre o estúdio vem se espalhando. Há alguns meses atrás, acusações bombaram sobre a empresa alegando ambiente de trabalho tóxico e excesso de trabalho sem remuneração apropriada. Em novembro do ano passado, o estúdio já havia demitido alguns funcionários para conter despesas.

Após todas as especulações e rumores, a empresa veio a público esclarecer que estaria, de fato, fechando as portas após demitir a maioria de seus funcionários e operar somente com o viável para cumprir com acordos e entregar o final de The Walking Dead. O CEO comentou que, apesar do feedback positivo recebido nos últimos jogos lançados, as vendas não foram o bastante para colocar a companhia nos trilhos novamente.

Futuros projetos como a segunda temporada de The Wolf Among Us e jogo baseado em Stranger Things licenciado pela Netflix foram, ao que tudo indica, cancelados. Telltale irá se pronunciar sobre os falecidos projetos nas próximas semanas, mas não mantenha as esperanças lá em cima.

Uma pena.

Via Kotaku