Análise – Horizon Zero Dawn

Desde seu anúncio, em 2015, Horizon Zero Dawn prometeu algo grandioso aos jogadores. Em 28 de fevereiro de 2017, com seu lançamento, o jogo conseguiu entregar algo muito além das expectativas, tornando-se um dos melhores jogos de PlayStation 4 lançados até o momento. Se você é fã de um bom jogo de Ação e RPG, pode incluir esse jogo em sua lista.

A jornada de Aloy

O jogo conta a história da jovem Aloy em um mundo pós-apocalíptico bem diferente do que estamos acostumados a ver em outros títulos. Estamos no ano 3040, em um planeta tomado pela vegetação; mas há pouquíssimos humanos e animais silvestres, pois são as máquinas — altamente tecnológicas e mortais — que estão no topo da cadeia alimentar.

A medida que progredimos na campanha de Horizon Zero Dawn, percebemos que Aloy não é uma simples sobrevivente de uma tribo primitiva. O evento apocalíptico que quase exterminou a vida no planeta Terra está, de alguma forma, relacionado com o passado de Aloy, tornando-a uma personagem chave do mundo híbrido selvagem-tecnológico.

Não entrarei em detalhes da história para não influenciar a sua experiência, mas posso dizer que uma das premissas de Aloy é descobrir a sua origem e, consequentemente, o motivo do planeta Terra se encontrar neste estado.

Praticamente todos os personagens possuem uma grande carga emocional, e com certeza você vai se importar com suas histórias.

Ao longo de sua aventura, Aloy encontrará diversos personagens, cada um com uma personalidade única e com uma história diferente para contar. Vale citar também que grande parte desses personagens são mulheres, fortes e independentes (como a protagonista), evidenciando o esforço da Guerrilla com a questão da representatividade de gênero.

Caçando animais metálicos

A Terra está diferente. Algo aconteceu e ela está habitada por máquinas que lembram animais e dinossauros. Para a sobrevivência, você terá que enfrentar muitas dessas máquinas e o combate é um dos pontos altos do jogo. Os movimentos são muito fluidos, que chegam à um nível de naturalidade nos movimentos e animações raramente vistas em um jogo dessa grandiosidade.

A liberdade das ações também é algo incrível, e a decisão sobre como o combate irá ocorrer depende apenas do jogador. Você pode usar o arco e remover algumas peças principais da máquina para enfraquecê-la; colocar diversas armadilhas e atrair o inimigo para elas, causando uma grande quantidade de dano de uma vez; e poderá até “hackear” algumas máquinas para que elas lutem ao seu lado por um tempo. Há outras armas além do arco e da lança de Aloy, como o estilingue que atira pequenas esferas explosivas e causa danos elementais. Também é possível remover a arma de alguns inimigos maiores e usá-las contra eles.

Versatilidade é a palavra chave quando falamos do combate de Horizon Zero Dawn.

O combate com humanos pode ser um dos pontos menos interessantes do jogo. Na maioria das vezes você irá lutar contra os mesmos tipos de inimigos, apenas com uma “maquiagem” diferente, sendo que uma simples flechada na cabeça resolverá os seus problemas (exceto contra brutamontes, que carregam alguma arma pesada). Há também elementos para uma abordagem furtiva em situações específicas, mas tudo fica mais interessante no fervor de uma grande batalha.

Horizon possui sistema de progressão de nível baseado em experiência, adquirida ao derrotar inimigos e completar missões. A cada nível, o jogador ganha 1 ponto de habilidade, que poderá ser usado para desbloquear novas habilidades de Combate, Stealth ou Exploração. Embora algumas habilidades sejam extremamente úteis, outras eu nunca utilizei (como poder usar o arco equilibrado em uma corda).

O que é a Tecnologia?

Uma das coisas mais geniais em Horizon é a abordagem da tecnologia. Aqui a tecnologia é tratada como uma força misteriosa, algo desconhecido e extremamente poderoso, comparado a uma divindade. É difícil descrever a relação entre humanos e tecnologia sem revelar detalhes da história, então o melhor a dizer é que essa abordagem é única e genial. Se você conhecer o universo de Numenera, com certeza verá algumas similaridades.

O dilema do mundo aberto

Acredito que esse seja o principal questionamento para todos os jogos de mundo aberto. Quando você chegar em algum vilarejo, diversas missões paralelas surgirão e esse dilema com certeza passará pela sua cabeça. As missões paralelas de Horizon Zero Dawn são uma mistura de caçadas à máquinas, busca por itens, invasão de bases de inimigos ou apenas investigar algum incidente utilizando seu Focus.

A mecânica do Focus, utilizada durante diversas missões para investigar coisas, rastrear inimigos ou simplesmente revelar pontos de interesse em uma certa área, funciona de modo similar ao sentido do bruxo que Geralt possui em The Witcher 3: Wild Hunt. Alguns pontos de destaque irão aparecer na tela e você poderá interagir com eles, seguindo com a missão.

Entre as outras atividades espalhadas pelo mapa pode-se destacar a exploração Caldeirões, bases tecnológicas onde você irá adquirir o conhecimento para hackear mais máquinas, e os Pescoções, grandes criaturas que lembram uma girafa e revelam segredos do mapa quando dominados. Há também uma série Eventos de Caça e pequenos tutoriais que aparecem como missões, que incentivam o jogador a usar todos os equipamentos disponíveis.

Conclusão

Horizon Zero Dawn é sem dúvidas uma das melhores experiências disponíveis no PlayStation 4 hoje. A fluidez e versatilidade dos combates, combinado com a beleza da construção dos cenários e personagens, são os grandes destaques do jogo. Na questão de história, a abordagem única sobre o que é a tecnologia e a jornada de Aloy também contribuem para a grandiosidade da obra. O único ponto que deixa a desejar um pouco é a simplicidade das mecânicas de stealth e combate corpo-a-corpo, deixando claro que o foco do jogo está nos combates a distâncias e armadilhas. São aproximadamente 60 horas até você conseguir todos os coletáveis, troféus e atividades.

Esta análise foi realizada com base na versão de PS4 gentilmente cedida pela Sony. Horizon Zero Dawn está disponível para PlayStation 4.

Horizon Zero Dawn
Versatilidade no combateHistória e personagens incríveisPaisagens belíssimas
Mecânicas de stealthCombate corpo-a-corpo simples
9.5Valor Total
Votação do Leitor 11 Votos
9.6